Cultura do inhame mostra potencial como alternativa de renda rural

30/Ago/2019 - 09:57

“O Dia Especial da Colheita do Inhame reuniu produtores e autoridades na linha 67, em Porto Velho."

O produtor rural Lúcio Alves Teixeira, pioneiro na produção do inhame em Porto Velho recepcionou, na manhã de hoje, na sede da Associação de Produtores Rurais da Linha Caracol, o Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luis Cláudio Pereira, seu adjunto, Francisco Evaldo de Lima, o representante da Emater, Hilton Neves, o deputado estadual Chiquinho da Emater, o vereador Jurandir Bengala, o representante do Secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani, o presidente da Central das Associações, Pedro Bordalo além de aproximadamente três centenas de lideres rurais e pequenos agricultores interessados na cultura do inhame, engenheiros e técnicos da SEMAGRIC.

O projeto embrião para fomentar a produção de inhame na região de Porto Velho foi idealizado em 2017 pelo então Sub Secretário Municipal de Agricultura, Francisco Evaldo, cumprindo orientação do prefeito Hildon Chaves no sentido de oferecer alternativas práticas, relativamente rentáveis e de curto prazo. Lúcio Teixeira foi um dos primeiros que demonstraram interesse pelo programa, acompanhando Evaldo em visitas realizadas a plantadores experientes, na região da BR 429, até hoje a maior produtora do Estado. O Secretário Adjunto destacou que Lúcio Teixeira é um exemplo a ser seguido, já que nos dois primeiros anos não teve sucesso porque, conforme ele mesmo relata, “no primeiro plantou errado, a safra não cobriu custos e no segundo “vendeu errado” e não recebeu. “Mas hoje estamos vendo aqui uma produção média de 23 toneladas de inhame por hectare, que pode chegar a 30 com algumas correções de solo e adubagem. “Está provado que plantar inhame é um bom negócio, desde que se tenha canais confiáveis de comercialização”, frisou Evaldo, lembrando que a produção de inhame em Porto Velho essa ano pode ser estimada em um milhão de toneladas.

O vereador Jurandir Bengala, representante do distrito de Jacy Paraná, onde se situa a Associação Caracol, disse que tem sido e será parceiro do produtor rural. Por isso seu empenho em buscar recursos para que a Semagric possa realizar um trabalho adequado. O discurso do vereador foi reforçado pelo deputado Francisco Coutinho, o Chiquinho da Emater, enfático ao afirmar que o mecanismo econômico de Porto Velho está mudando. “Estamos deixando de ter economia sustentada pelo funcionalismo público, pelo contra cheque, e buscando nossa vocação, que vem do campo, do pequeno e médio produtor”, disse o parlamentar.

Já o Secretário Luis Cláudio da Agricultura, agradeceu, em nome do prefeito Hildon Chaves, o apoio recebido de vereadores como Jurandir Bengala e deputados focados na agricultura. “E também tenho que agradecer diretamente ao prefeito Hildon Chaves, que nos deixa totalmente a vontade para implantar novos programas, mas cobra resultados, principalmente quando a questão é estrada rural. “Nós vamos conseguir recuperar praticamente cinco mil quilômetros de estradas antes das chuvas impedirem o movimento de máquinas. Estamos tendo aqui o compromisso da Emater em capacitar técnicos para orientar produtores de inhame e temos do vereador Bengala e do deputado Chiquinho empenho na luta por recursos”, agradeceu Luis Cláudio.

“Agora, o segundo passo para garantir sustentabilidade na produção do inhame é fortalecer cooperativas, que vão conseguir dar garantir de comércio seguro por preços justos.”, disse Luis Cláudio, anunciando providências para implantar um canal eletrônico de comercialização na SEMAGRIC, usando recursos tecnológicos para “unificar” o tripé produtor, comprador e consumidor, tirando de cena a figura do atravessador, que na maioria das vezes explora o pequeno produtor. “Essa ferramenta já está sendo desenvolvida pelos técnicos da Prefeitura e da Semagric”, disse Luis Cláudio.

Dia do Inhame

30/Ago/2019 - 10:04

Dia 29 de agosto de 2019, Dia do Inhame

logotipo da prefeitura de porto velho